23.8 C
Rio de Janeiro
terça-feira, maio 21, 2024
Mais

    Polícia ouve tutor do cão Joca e vai recriar o que ocorreu no dia do voo

    Date:

    A Polícia Civil ouviu, na segunda-feira, João Fantazinni, tutor do cachorro Joca, morto após ser transportado em um voo errado no dia 22 de abril.

    ++ Motorista do Porsche se entrega à polícia

    O depoimento era aguardado pelas autoridades para recriar o que pode ter acontecido na data da morte do cão, no voo da Gol.

    O Golden Retriever deveria ter sido transportado ao Aeroporto Municipal de Sinop, no Mato Grosso, mas foi levado por engano até Fortaleza. Ao saber do equívoco, a companhia, com o consenso do tutor, encaminhou o cão até o Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, onde já chegou sem vida.

    ++ Câmara aprova decreto que reconhece calamidade pública no RS

    A oitiva ainda não tinha acontecido por conta do estado emocional de João, que ainda estava muito abalado por conta do fato. O caso ganhou grande comoção nacional.

    O tutor foi ouvido por cerca de três horas e, segundo o advogado, Marcello Primo, ele descreveu o passo a passo do ocorrido no dia da morte de Joca.

    Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS.

    Mais Recentes