20 C
Rio de Janeiro
sábado, abril 20, 2024
Mais

    Vítima celebra prisão de ex-jogador Robinho por violência íntima

    Date:

    Após a prisão do ex-jogador Robinho, condenado a 9 anos de prisão por violência íntima, a vítima do crime celebrou a decisão. Na última semana, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) deliberou, com um placar de 9 a 2, que Robinho, condenado por violência íntima na Itália, deve cumprir uma pena de 9 anos aqui no Brasil. Na Itália, foram realizados três julgamentos e não restavam mais recursos possíveis. A decisão teve repercussões significativas no país europeu, local do crime.

    ++ Neymar está impedido de usar helicóptero de R$ 50 milhões; entenda

    “Foi um momento muito impactante porque foi como reabrir uma ferida. Após 10 anos, a pessoa que a agrediu finalmente foi para a prisão. Foi um momento psicologicamente intenso, porém positivo”, expressou a vítima através de seu advogado.

    ++ Preso por estupro, Robinho era sócio de traficante, afirma senador

    O advogado também comemorou a decisão. “Os juízes brasileiros demonstraram grande discernimento e independência. Portanto, consideramos que, pelo menos no caso de Robinho, a justiça foi feita”, afirmou.

    Vale ressaltar que o crime, ocorrido em janeiro de 2013, envolveu a participação do ex-jogador Robinho, de Ricardo Falco (também condenado a 9 anos) e outros quatro brasileiros em um caso de crime coletivo contra uma jovem dentro de uma boate em Milão.

    Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS.

    Mais Recentes