20 C
Rio de Janeiro
domingo, julho 14, 2024
Mais

    Assassino confesso de Marielle é transferido para Tremembé

    Date:

    O ex-policial militar Ronnie Lessa, assassino confesso da vereadora Marielle Franco, foi transferido ao presídio de segurança máxima de Tremembé, em SP.

    Ele estava na penitenciária federal de Campo Grande (MS) e foi transferido na manhã dessa quinta-feira em um avião da Polícia Federal.

    ++ Cid diz à PF que entregou dinheiro de joias a Bolsonaro, em NY

    A transferência de Lessa foi autorizada pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes, como um benefício em função do acordo de delação premiada firmado pelo ex-policial nas investigações sobre a morte de Marielle.

    No acordo de delação, Lessa falou que aceitou matar a vereadora sem saber que ela seria o alvo do assassinato. No depoimento, ele afirmou que recebeu uma “proposta muito boa, que era para ficar rico”, e que se interessou pela oferta dos mandantes do crime.

    O ex-PM afirmou ainda ter se encontrado três vezes com os irmãos Chiquinho e Domingos Brazão para tratar do assassinato. Segundo Lessa, as reuniões duraram cerca de uma hora.

    Ainda de acordo com Lessa, Marielle era uma “pedra no caminho” dos irmãos. Marielle e Chiquinho, que à época do crime também era vereador, discordavam em relação a um projeto de lei que regularia terrenos em áreas de milícias.

    ++ Polícia levanta hipótese de que Nahim pode ter sido assassinado

    A intenção dos irmãos era lucrar com a venda de dois loteamentos. Uma parcela seria de Chiquinho e Domingos e a outra metade seria de Lessa, como pagamento pelo crime.

    Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS.

    Mais Recentes