20 C
Rio de Janeiro
sábado, abril 20, 2024
Mais

    Alexandre de Moraes dá 48h para Bolsonaro explicar estadia em embaixada

    Date:

    O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), deu prazo de 48h para o ex-presidente Jair Bolsonaro.

    ++ Mandantes do caso Marielle são presos pela PF. Ex-chefe da Polícia Civil do RJ estaria envolvido

    O prazo é pra ele se explicar por que passou duas noites na embaixada da Hungria, em Brasília.

    Moraes é relator do inquérito que investiga Bolsonaro, políticos e militares por tentativa de golpe de Estado. No âmbito desse inquérito, no dia 8 de fevereiro, o ministro determinou a apreensão do passaporte do ex-presidente, para que Bolsonaro não deixasse o país. Depois disso, entre 12 e 14 de fevereiro, Bolsonaro ficou hospedado na embaixada da Hungria, informação que foi publicada em reportagem do jornal The New York Times.

    ++ Empresa que vende vinhos Bolsonaro possui dívida milionária com o estado RJ

    Na prática, pelo direito internacional, como embaixadas são áreas invioláveis, Bolsonaro só poderia ser alcançado por agentes brasileiros, em caso de uma nova operação, com o consentimento do governo húngaro. Bolsonaro é próximo politicamente e ideologicamente do primeiro-ministro da Hungria, Viktor Orbán, político de extrema-direita. Durante seu mandato, Bolsonaro chegou a chamar Orbán de “irmão”.

    Após a reportagem a defesa de Bolsonaro emitiu uma nota admitindo que ele ficou hospedado entre os húngaros.

    Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS.

    Mais Recentes