22 C
Rio de Janeiro
sábado, abril 20, 2024
Mais

    Mandantes do caso Marielle são presos pela PF. Ex-chefe da Polícia Civil do RJ estaria envolvido

    Date:

    Três pessoas foram presas, nesse domingo, de forma preventiva, pela Polícia Federal, suspeitas de terem encomendado a morte da vereadora Marielle Franco e do motorista dela, Anderson Gomes.

    ++ Ministro afirma que caso Marielle Franco sera solucionado em breve

    Os presos são os irmãos Domingos e Chiquinho Brazão, que possuem envolvimento na política do Rio de Janeiro, sendo o último deputado federal pelo União Brasil, e Rivaldo Barbosa, ex-chefe da Polícia Civil fluminense.

    De acordo com informações divulgadas, a morte da vereadora e do motorista, que ocorreu há seis anos, teria sido encomendada por conta da resistência feita por Marielle e pela bancada do PSOL, o partido da vereadora, a um projeto de lei que regularizaria condomínios na zona oeste do Rio de Janeiro.

    ++ Defesa de Daniel Alves paga fiança de 1 milhão de euros e jogador pode ser solto a qualquer momento na Espanha

    A zona oeste tem bairros controlados por milicianos que exploram empreendimentos imobiliários ilegais na região. A operação da PF deriva parcialmente da delação premiada de Ronnie Lessa, preso como suspeito de ter executado o crime.

    Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS.

    Mais Recentes