28.2 C
Rio de Janeiro
sábado, março 2, 2024
Mais

    PGR defende retorno de Ednaldo ao comando da CBF

    Date:

    A Procuradoria-Geral da República (PGR) emitiu parecer favorável à volta de Ednaldo Rodrigues à presidência da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), nesta quinta-feira (04).

    No documento, o procurador-geral da República, Paulo Gonet Branco, ressaltou que o afastamento do dirigente do cargo pode trazer prejuízos à participação da Seleção Brasileira em torneios, como a Olimpíada de Paris.

    ++ Com Bolsonaro, Petrobras vendeu refinaria abaixo do preço para fundo árabe, aponta CGU

    “Ressalte-se, a propósito, que há risco concreto e iminente de recusa da inscrição da Seleção Brasileira de futebol, se assinada pelo interventor, no torneio pré-olímpico a ser realizado ainda neste mês de janeiro na Venezuela, destinado à obtenção de vaga para a participação nas Olimpíadas de Paris 2024”, diz o parecer.

    Nessa quarta-feira (03/01), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes deu um prazo de 24 horas para que o advogado-geral da União e o procurador-geral da República sejam ouvidos quanto à ação do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), que defende a volta de Ednaldo à presidência da instituição.

    ++ Golpistas do 8/1 planejavam prender e enforcar Alexandre de Moraes

    A ação do partido argumenta que, se mantida intervenção na CBF, comandada atualmente por José Perdiz, a Seleção Brasileira pode ficar fora do torneio de futebol das Olimpíadas de Paris. O Brasil é o atual bicampeão do futebol olímpico.

    Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS

    Mais Recentes