25 C
Rio de Janeiro
quinta-feira, fevereiro 22, 2024
Mais

    Isreal bombardeia o Líbano e mata dirigente político do Hamas

    Date:

    Um bombardeio israelense no sul de Beirute, capital do Líbano matou o número dois do grupo palestino Hamas, o dirigente Saleh al Arouri, nesta terça-feira (2). Segundo fontes, Al Arouri morreu junto de seus guarda-costas em um ataque contra o escritório do Hamas na periferia sul de Beirute, reduto do grupo Hezbollah, apoiado pelo Irã.

    Segundo o governo libanês, drones israelenses lançaram bombas que atingiram o escritório do grupo palestino no país vizinho. A imprensa estatal libanesa noticiou que outras cinco pessoas morreram na explosão, que ocorreu em Danyeh, um subúrbio predominantemente habitado por muçulmanos xiitas que fica entre o centro de Beirute e o aeroporto internacional da capital do Líbano.

    ++ Tarifas do trem e metrô de SP sobem para R$ 5 nesta segunda

    Este é o primeiro ataque a Beirute desde o início da guerra entre Israel e Hamas, em 7 de outubro. O Hezbollah, grupo xiita que atua no Líbano, tem feito ataques no norte de Israel em apoio ao Hamas.

    Um alto dirigente do Hamas afirmou que a morte do número dois do movimento islamista não vai frear a “resistência”.

    ++ Dia de fúria: Ex-mulher de ator da Globo invade condomínio e destrói carro do artista

    “Os assassinatos covardes cometidos pelo ocupante sionista contra os líderes e símbolos do nosso povo palestino dentro e fora da Palestina não vão conseguir quebrar nem a vontade, nem a resiliência do nosso povo, nem entorpecer a continuação de sua corajosa resistência”, declarou, por meio de nota, Ezzat al Rishq, membro do escritório político do Hamas.

    Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS

    Mais Recentes