24 C
Rio de Janeiro
terça-feira, maio 21, 2024
Mais

    Colômbia segue exemplo da Bolívia e corta relações com Israel

    Date:

    Em um anúncio durante um evento em Bogotá, o presidente da Colômbia, Gustavo Petro, declarou o rompimento das relações diplomáticas com Israel. O presidente afirmou que a decisão entrará em vigor imediatamente, marcando uma mudança radical na política externa colombiana. Petro, que já havia criticado as ações de Israel em Gaza, onde mais de 34,5 mil palestinos foram mortos, afirmou que “a era do genocídio não pode voltar” e que a humanidade concorda com a decisão.

    ++Trump elogia ação policial em protesto pró-Palestina “lindo ver”

    A decisão foi anunciada diante de milhares de apoiadores durante um evento em comemoração ao Dia Internacional do Trabalho, em Bogotá. Petro, que é o primeiro presidente de esquerda na história do país, afirmou que a Colômbia não pode mais ser conivente com as ações de Israel. O país sul-americano era tradicionalmente um aliado de Israel na região, mas a gestão de Petro marca uma ruptura de 180 graus com as políticas anteriores.

    ++Eduardo Bolsonaro dá medalha de “imbrochável ao ministro da Hungria

    A mudança de postura da Colômbia representa um apoio significativo aos palestinos e uma condenação clara às ações de Israel em Gaza. A decisão do governo colombiano segue o exemplo da Bolívia, que também rompeu relações diplomáticas com Israel em solidariedade ao povo palestino. O anúncio de Petro foi recebido com aplausos e demonstrações de apoio de seus seguidores, indicando uma forte posição interna em relação ao conflito no Oriente Médio.

    Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS.

    Mais Recentes