24.2 C
Rio de Janeiro
segunda-feira, julho 22, 2024
Mais

    Lula sanciona lei de combate à violência contra mulheres

    Date:

    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) anunciou, nesta segunda-feira (17), que sancionou um projeto de lei que visa fortalecer o combate à violência contra as mulheres, em meio ao embate sobre a “PL do estupro” (PL 1904/24), que equipara o aborto após a 22ª semana ao crime de homicídio.

    ++ Homem volta a abusa da enteada, com quem já tem um filho, e é preso

    “Acabo de sancionar um projeto de lei que vai fortalecer o enfrentamento à violência contra as mulheres. O Projeto de Lei 501/2019 cria um plano de metas integrado para combater a violência doméstica, articulando União, estados e municípios para que ações de enfrentamento sejam concretizadas”, escreveu o líder petista, que aproveitou para criticar debate estabelecido pelo “PL do estupro”.

    “Em pleno século 21, ainda temos que falar sobre o absurdo que vitima mulheres no Brasil e no mundo. Ainda estamos longe, mas esta lei pretende avançar nos direitos das mulheres […] Vamos juntos para que nenhuma mulher mais sofra qualquer tipo de violência”, concluiu Lula.

    ++ Lula pede inclusão da Rússia em negociações de paz e critica ações de Israel em Gaza

    Neste último fim de semana, inclusive, Lula foi detonado pelo deputado federal Sóstenes Cavalcante (PL-RJ), autor do projeto que prevê que o aborto realizado após as 22 semanas seja equiparado ao crime de homicídio, e afirmou que ele “não entende nada dos valores da defesa da vida”.

    Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS.

    Mais Recentes