24.2 C
Rio de Janeiro
sábado, abril 20, 2024
Mais

    Missão da SpaceX decola para a Estação Espacial Internacional após falha

    Date:

    Mais um contratempo seguido de sucesso na semana do mega empreendedor Elon Musk. Após ter o lançamento de última hora na segunda-feira, 27, por falhas no sistema em solo, a missão da SpaceX, com dois astronautas americanos, um cosmonauta russo e um astronauta saudita, decolou nesta quinta-feira, 2, rumo à Estação Espacial Internacional (ISS).

    “Parabéns às equipes da NASA e da SpaceX por outra missão histórica à Estação Espacial Internacional!”, afirmou o administrador da Nasa (a agência espacial americana), Bill Nelson, em um comunicado. A decolagem aconteceu às 0h34 locais (2h34 de Brasília) do Centro Espacial Kennedy, na Flórida, sudeste dos Estados Unidos, segundo uma transmissão ao vivo. A cápsula do foguete SpaceX Dragon Endeavour deve ser acoplada à ISS às 1h17 (3h17 de Brasília) de sexta-feira, 3, após uma viagem de pouco mais de 24 horas. A equipe deve permanecer na estação por seis meses.

    A tripulação multicultural, Crew-6, é formada pelos americanos Stephen Bowen e Warren Hoburg, pelo russo Andrei Fediayev e pelo emiradense Sultan Al Neyadi. Sultan Al Neyadi, de 41 anos, é o quarto astronauta de um país árabe da história, e o primeiro de seu país que passará seis meses no espaço. Seu compatriota, Hazzaa Al Mansoori, realizou uma missão de oito dias em 2019.

    A Nasa contrata os serviços da Spacex – empresa de Elon Musk – para o envio de seus astronautas aproximadamente a cada seis meses para a estação orbital. No espaço, eles fazem experiências científicas e asseguram a manutenção da estação, tripulada há mais de 22 anos. A Crew-6 – missão que decolou nesta quinta – substituirá os quatro membros da Crew-5 (dois americanos, um russo e um japonês), que chegaram em outubro de 2022 e que vão voltar à Terra a bordo de sua própria nave SpaceX.

    Mais Recentes