20 C
Rio de Janeiro
domingo, julho 14, 2024
Mais

    STF marca julgamento de denúncia contra presos no caso Marielle

    Date:

     

    Foi marcado para a próxima terça-feira (18), pelo Supremo Tribunal Federal (STF),   o julgamento dos acusados do caso Marielle.

    ++ Pai é preso após ser filmado abusando da filha internada na UTI

    A denúncia é da Procuradoria-Geral da República (PGR) e os acusados estão envolvidos no assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, em 2018.

    O agendamento do julgamento foi feito após o ministro Alexandre de Moraes, relator do caso, liberar nessa terça-feira o processo para análise do colegiado.

    Na sessão, os ministros vão decidir se Domingos Brazão, conselheiro do Tribunal de Contas do Rio de Janeiro, Chiquinho Brazão, deputado federal (União-RJ) e o ex-chefe da Polícia Civil do Rio de Janeiro Rivaldo Barbosa se tornarão réus por homicídio e organização criminosa. Eles estão presos desde março em função das investigações sobre o assassinato.

    Além de Moraes, vão participar da sessão os ministros Flavio Dino, Cristiano Zanin, Luiz Fux e Cármen Lúcia.

    ++ Deputado Federal em discurso polêmico, associa população do Nordeste a ‘aves domésticas’

    De acordo com a procuradoria, o assassinato ocorreu a mando dos irmãos Brazão, com a participação do ex-chefe da Polícia Civil do Rio, e a motivação foi proteger interesses econômicos de milícias e desencorajar atos de oposição política de Marielle, filiada ao PSol. A base da acusação é a delação premiada do ex-policial Ronnie Lessa, réu confesso da execução dos homicídios.

    Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias

    Mais Recentes