20 C
Rio de Janeiro
sábado, julho 13, 2024
Mais

    Retorno de julgamento de Bolsonaro no TSE, tem relator do caso como votante

    Date:

    Nesta terça-feira (27), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), retoma o julgamento da Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije), que pode tornar Jair Bolsonaro (PL) e seu vice da última eleição, Walter Braga Netto, inelegíveis. O ex-presidente está sendo investigado pelos ataques que ocorreram no sistema eleitoral brasileiro, durante uma reunião com os embaixadores, em julho de 2022. A acusação seria de abuso de poder político e uso indevido dos meios de comunicação.

    ++Lula aumenta voz em reunião com ministros e cobra as nomeações e negociações

    O julgamento teve inicio na última quinta-feira (22), quando o corregedor-geral da Justiça Eleitoral, ministro Benedito Gonçalves, leu o relatório que resume o caso. O advogado Walber Agra, do Partido Democrático Trabalhista (PDT), na mesma sessão, apresentou os argumentos da acusação, e o advogado, Tarcísio Vieira, fez a defesa.

    ++Governo Lula realizou 12 reuniões sobre Venezuela em seis meses de mandado

    O Ministério Público Eleitoral (MP Eleitoral), apresentou em seguida o parecer sobre o caso. Paulo Gonet Branco, vice-procurador-geral eleitoral, reiterou o posicionamento sobre a existência de elementos que comprovam o abuso de poder político para tornar Bolsonaro inelegível, mas Braga, não.

    O retorno do julgamento, terá o voto do relator, ministro Benedito Gonçalves. A sessão começas às 19h, com a expectativa de uma leitura extensa do voto, com aproximadamente 460 páginas.

    Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS.

    Mais Recentes