22 C
Rio de Janeiro
sábado, abril 20, 2024
Mais

    Policiais surpreendem menino em seu aniversário no Acre

    Date:

    Um menino de dez anos, morador do Acre, teve um aniversário inesquecível graças a uma bela surpresa da polícia local. Durante o patrulhamento, a equipe liderada pelo soldado Victor Guerra encontrou um grupo de crianças na rua, como de costume. Ao parar, descobriram que era o aniversário de um dos meninos.

    ++ Policial que não fez nada durante confusão com adolescente será investigada

    Ao conversar com o garoto, perceberam que ele não teria bolo nem festa. Sensibilizados, decidiram agir. “Toda vez que a gente passa eles gritam, pedem pra ligar a sirene e eu parei. Um deles falou que era o aniversário dele, e puxei conversa perguntando do bolo. Ele disse: ‘ah, tio, não tem bolo’. E pareceu um pouco triste, perguntei da festa e disse que também não teria”, recordou.

    ++ Polícia realiza operação contra células neonazistas em São Paulo

    O soldado Guerra teve a ideia de comprar um bolo para o menino. “Falei para o meu sargento para irmos no supermercado comprar um bolo e levar para o garotinho. Fomos no mercado, compramos um bolo, vela e voltamos ao local”, disse.

    Após rápida ida ao mercado, voltaram ao local com o bolo e uma vela. A reação do menino foi emocionante, ele chorou ao receber o gesto de carinho. “Entreguei o bolo para ele, tinham umas quatro amiguinhos dele e, de repente, apareceu um monte de criança, começaram a filmar. Virou festa. Cantamos parabéns para ele, ligamos a sirene novamente. Foi algo sem pretensão, alegrou o dia dele”, contou Guerra.

    O momento se transformou em festa quando outras crianças se juntaram. Cantaram parabéns, acionaram a sirene e fizeram a alegria do aniversariante. Mesmo sem contato com os pais, a equipe entregou o bolo e continuou seu patrulhamento.

    A equipe do soldado era composta ainda pelo sargento Paulo Pimentel e o soldado Jones. Guerra explicou que eles não tiveram contato com os pais do garoto. O bolo foi entregue e os policiais seguiram para o patrulhamento de rotina.

    O soldado Guerra enfatizou a importância de interagir com as crianças, destacando que são o futuro. Apesar de não lembrar o nome do menino, o objetivo era alegrar seu dia e proporcionar um momento especial. Foi uma ação rápida, mas que certamente marcou a vida desse garoto.

    “Foi uma coisa bem rápida, não conversamos muito, foi sem pretensão e para alegrar o dia dele. Sempre tentamos ter esse contato com a criançada porque é nosso futuro. Não lembro o nome dele porque não é um nome comum”, finalizou.

    Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS.

    Mais Recentes