24 C
Rio de Janeiro
sábado, abril 13, 2024
Mais

    Ministros de Lula se manifestam no 60 anos do golpe “Viva a democracia”

    Date:

    Neste domingo (31), os ministros do presidente Lula (PT), se manifestaram sobre os 60 anos do golpe militar de 1964 e reforçaram a necessidade de manter a memória da ditadura viva para evitar que a história se repita e tenha novos abalos na democracia. A decisão vai contra a orientação inicial do mandatário de evitar eventos sobre o tema,

    ++eceita Federal apreende cerca 1,3 tonelada de cocaína em porto do Rio

    No final de fevereiro, o petista afirmou que não quer “ficar remoendo” o passado da ditadura militar. Logo depois, o Executivo cancelou os eventos relacionado ao aniversário de 60 anos do golpe militar.

    ++ Prédio em construção pega fogo em Recife

    Contra a decisão de Lula, o ministro dos Direitos Humanos e Cidadania, Silvio Almeida, falou sobre o golpe militar de 1964. Ele citou sobre a escravidão e lembrou de Ulysses Guimarães, presidente da Assembleia Nacional Constituinte de 1987 a 1988.

    “Por que ditadura nunca mais? Porque queremos um país social e economicamente desenvolvido e não um ‘Brasil interrompido’. Porque queremos um país soberano, que não se curve a interesses opostos aos do povo brasileiro. Porque queremos uma país institucional e culturalmente democrático”, ressaltou o ministro.

    Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS.

    Mais Recentes