27.2 C
Rio de Janeiro
domingo, junho 16, 2024
Mais

    Homem é condenado a 108 anos por matar e queimar família no ES

    Date:

    Fabiano Alves, 43 anos, foi sentenciado a 108 anos de prisão por assassinar sua esposa, Roseane Caros Seabra, e seus três enteados, além de incendiar a residência em que viviam, em dezembro de 2022, em Castelo, região Sul do Espírito Santo. A decisão foi proferida pelo Tribunal do Júri na segunda-feira (10/6).

    ++ Vini Jr. quebra o silêncio após condenação de racistas na Justiça: “Eu sou algoz”

    O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES) informou que Fabiano foi considerado culpado pelo homicídio qualificado de sua então companheira e dos três enteados, incluindo uma criança de 8 anos, e começará a cumprir a pena em regime fechado.

    ++ Condenado pela morte da filha, Alexandre Nardoni vai trabalhar com o pai

    O réu já estava sob custódia preventiva desde que foi localizado após o crime.

    “De acordo com os autos, Fabiano Alves, sob efeito de álcool e cocaína, agrediu até a morte a então companheira, de 41 anos, e os três filhos dela: um rapaz, uma adolescente e uma criança”, detalhou o Ministério.

    Após os assassinatos, Fabiano ateou fogo aos corpos e fugiu para uma área florestal, onde permaneceu escondido por mais de 30 horas. Na ocasião, ele negou as acusações.
    O Ministério Público havia solicitado a condenação de Fabiano pelos quatro homicídios.

    Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS.

    Mais Recentes