21 C
Rio de Janeiro
sábado, junho 22, 2024
Mais

    Febre Maculosa: Conheça os sintomas e medidas de prevenção para evitar a infecção

    Date:

    A febre maculosa é uma doença grave transmitida pelo carrapato-estrela, da espécie Amblyomma cajennense, que pode levar a complicações sérias e até mesmo ao óbito. Com o objetivo de conscientizar a população sobre essa enfermidade, é essencial entender seus sintomas e adotar medidas de prevenção eficazes.

    Nesta semana, o Instituto Adolfo Lutz confirmou a morte de quatro pessoas por febre maculosa. As vítimas apresentaram sintomas como febre alta, dores e manchas vermelhas pelo corpo, característicos dessa doença. Com um índice de letalidade de 75%, a febre maculosa já levou ao menos oito vidas no Brasil somente em 2023.

    ++ Giovanna Ewbank abre o jogo sobre conta em plataforma de conteúdos adultos

    As investigações apontam que as quatro vítimas estiveram no mesmo evento realizado na Fazenda Santa Margarida, em Campinas (SP), no dia 27 de maio. Esse local, localizado em uma região rural, é atualmente objeto de estudo para determinar se foi o ponto de infecção desses casos.

    Como se contrai?

    Diferente do carrapato encontrado em cachorros, esse artrópode tem preferência por animais de grande porte, como bois e cavalos, além de capivaras, gambás, aves domésticas e coelhos. Vale ressaltar que a doença não é transmitida de pessoa para pessoa.

    Sintomas

    De acordo com o Ministério da Saúde, os sintomas mais comuns da febre maculosa incluem febre, dor de cabeça intensa, náuseas, vômitos, diarreia, dor abdominal, dor muscular constante, inchaço e vermelhidão nas palmas das mãos e sola dos pés. Em casos mais graves, pode ocorrer gangrena nos dedos e orelhas, além de paralisia dos membros, que começa nas pernas e pode se estender até os pulmões, levando a parada respiratória.

    Prevenção
    Para evitar a infecção pela febre maculosa, é fundamental adotar algumas medidas de prevenção. Ao realizar atividades em áreas propensas à presença de carrapatos, recomenda-se:
    1. Utilizar roupas claras, que facilitam a visualização desses parasitas;
    2. Utilizar calças compridas e, se possível, passar um elástico nas barras das calças para dificultar a entrada dos carrapatos;
    3. Realizar uma busca minuciosa pelo corpo após ter passado por áreas de risco e, caso seja encontrado um carrapato, removê-lo imediatamente, preferencialmente com auxílio de um profissional de saúde.

    ++ Abalada, ex-BBB Key Alves faz desabafo nas redes sociais: “Não dá para ser forte o tempo inteiro”

    Outros casos
    Atualmente, a febre maculosa tem sido diagnosticada em Campinas e região, despertando a atenção das autoridades de saúde. A Vigilância Epidemiológica de Jundiaí (SP) informou que está investigando sete casos suspeitos da doença na cidade, dois deles relacionados à presença na Fazenda Santa Margarida. Além disso, outras cinco pessoas relataram ter frequentado áreas verdes em Jundiaí e municípios vizinhos, tornando necessário um monitoramento cuidadoso desses casos.
    A febre maculosa é uma doença que requer atenção e cuidados. É fundamental estar ciente dos sintomas, adotar medidas de prevenção e buscar assistência médica em caso de suspeita da doença. A conscientização e a divulgação de informações são essenciais para evitar a propagação e minimizar os riscos dessa enfermidade.
    Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS.

    Mais Recentes