24 C
Rio de Janeiro
quinta-feira, fevereiro 22, 2024
Mais

    Adolescente teria ajudado a levar corpo de youtuber para fundo de casa

    Date:

    A Polícia Civil continua a investigação sobre a morte de Carlos Henrique Medeiros, de 26 anos, cujo corpo foi achado no quintal da casa de um casal de amigos em Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo, em 30 de dezembro. Há recentes indícios sugerindo o possível envolvimento de uma adolescente de 16 anos na ocultação do corpo do youtuber. Renan José, de 28 anos, e Caroline Mello, de 24, se entregaram às autoridades um dia após a descoberta do corpo. De acordo com a versão apresentada por eles, o jovem teria falecido de overdose durante um ato sexual com a irmã mais nova de Caroline.

    ++ Câmeras flagram momentos antes de jovens morrerem dentro de BMW

    A adolescente foi ouvida pela equipe da Delegacia de Itapecerica da Serra e corroborou a narrativa oferecida pelo casal. Segundo o delegado Luis Hellmeister, ela teria auxiliado no transporte do corpo até um quarto nos fundos da casa.

    ++ ‘Choquei’ faz novo pronunciamento sobre caso Jéssica Vitória

    “Ela só auxiliou a carregar o corpo para os fundos da casa, um quartinho que tem lá”, afirmou Helmeister. O pai da adolescente teria ido buscar a filha na residência após a morte do youtuber. O delegado esclareceu que o pai não está sob investigação, pois foi informado sobre o incidente posteriormente.

    Além do depoimento da adolescente, a polícia realizou novos interrogatórios com Renan, Caroline, o homem que encontrou o corpo e a irmã de Renan. Esta última relatou à equipe de investigação a batalha de Carlos Henrique contra o vício em drogas e o quadro depressivo que se agravou após a morte de seu pai.

    “O casal já foi ouvido pela segunda vez. Nós ouvimos também a irmã do youtuber contando a saga e a tristeza na luta dele contra a droga. O menino pediu até para ser internado depois que o pai morreu. Ela contou uma triste história sobre o irmão”, diz o delegado.

    “Segundo a promessa do diretor do IML, o laudo, daqui uma semana, uma semana e meia, está na mão já com o exame toxicológico também.”

    Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS

    Mais Recentes