25 C
Rio de Janeiro
quinta-feira, fevereiro 22, 2024
Mais

    MC Cabelinho é condenado por cancelar show no RJ

    Date:

    MC Cabelinho foi processado por um produtor e acabou condenado por cancelar um show alegando que “não estava mais com vontade” de se apresentar. O evento aconteceria em maio de 2020, mas precisou ser reagendado em virtude da pandemia. A informação foi divulgada pela colunista Fábia Oliveira e confirmada por Splash.

    ++ Ana Hickmann é denunciada pelo ex-marido em corte internacional

    O show foi reagendado e o contratante havia pago um adicional de mais de R$ 6 mil no cachê do funkeiro. Quando a apresentação foi agendada, Cabelinho pediu um valor de R$ 13.500. Com a remarcação, após a pandemia, o cantor reajustou o cachê para R$ 20 mil. O produtor pagou o valor para manter a realização do show, que não aconteceu por decisão do artista.

    Cabelinho provou que devolveu o valor do cachê ao produtor, mas o juiz destacou, na decisão, outros prejuízos decorrentes do cancelamento. “Entendo que houve lesão aos direitos de personalidade do autor, o qual, na qualidade de contratante de um município pequeno se viu obrigado a ressarcir as pessoas que nele confiaram e adquiram ingressos e produtos relacionados ao eventos que não se concretizou”, escreveu o juiz Rodrigo Francisco Gadelha dos Santos.

    ++ TV Globo decide exibir documentário dos atos de 08/01 no horário nobre

    O funkeiro foi condenado a pagar uma indenização de R$ 4 mil por danos morais. Outros pedidos do autor foram negados, como a remarcação do show na cidade. O produtor entrou com um recurso pedindo uma indenização maior, já que os gastos com a divulgação do evento foram maiores. O processo ainda não chegou ao fim, mas o prazo para Cabelinho se manifestar sobre um possível acordo já está encerrado.

    Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS

    Mais Recentes