28.2 C
Rio de Janeiro
sábado, março 2, 2024
Mais

    Joelma confessa medo de morrer: “Me despedi várias vezes”

    Date:

    Joelma participou do programa Mais Você, com Ana Maria Braga, nesta manhã de segunda-feira (1º), onde compartilhou ter chegado a aceitar a possibilidade da morte. A cantora, que enfrentou a Covid-19 por sete vezes, destacou a relevância de sua religiosidade para manter o otimismo durante cada batalha contra a doença, embora tenha havido momentos em que se despediu mentalmente. “É incompreensível.”

    ++ Luan Santana ganha relógio do Cristiano Ronaldo

    “[Compromete] praticamente todo o tubo respiratório. Na mente, afeta o raciocínio. Perda de músculos. Passei dois anos nessa luta”, lamentou a cantora.

    ++ Graciele Lacerda faz desabafo sobre 2023: “Foi muito difícil”

    A artista precisou ser internada três vezes e contou que, apesar de a religiosidade a manter otimista, chegou a pensar que ia morrer. “Eu me despedi várias vezes, sozinha, de madrugada. [Dizia] ‘Deus, obrigada, eu sei que vai ser hoje’. Eu tive três derrames oculares. Tive uma parada cardíaca, sozinha também. Em casa, de madrugada. Eu fazia exame e não dava nada. É incompreensível“, relembrou.

    De acordo com a cantora, ela teve fortes experiências religiosas enquanto enfrentava a turbulência da Covid. “Desde criança, eu tenho uma necessidade de contato com Deus. É uma necessidade que meu corpo, minha alma, tudo em mim pede. Clama”, explicou.

    “Essa comunhão com Deus que me salvou todas as vezes. Só era eu e Ele. E eu ouvia a voz [dizendo] ‘faz isso, faz aquilo’. E é o que me salvava na hora”, alegou Joelma.

    Religiosa, Ana Maria Braga ficou intrigada com a relação da ex-Calypso com Deus. “Quando você falava com Ele, o que Ele te falava?”, questionou a apresentadora.

    “Me dava instruções do que eu tinha que fazer naquela hora. ‘Faz isso’, e dava certo. Um remedinho natural, alguma coisa, e eu ia fazer e dava certo. Na última internação, aconteceu uma coisa muito estranha. Eu tive sempre esse contato com Ele, de sentir a presença o tempo todo, e nessa última eu não conseguia sentir. Eu entrei em desespero”

    Ainda que tenha sofrido com o medo, ela atribui a Deus a cura da enfermidade. “Eu não conseguia sentir, mas conseguia ver cada detalhe. A equipe médica que Ele colocou no meu caminho. Para onde eu ia, as pessoas diziam ‘eu estou orando por ti’. Minha casa, minha família, minha igreja, meu fã-clube se reuniu para fazer um clamor de oração por mim. Eu acredito muito no poder da oração, que ela muda o rumo das coisas”, finalizou ela.

    Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS

    Mais Recentes