25 C
Rio de Janeiro
quinta-feira, fevereiro 22, 2024
Mais

    Ana Hickmann fala sobre agressão ao Domingo Espetacular

    Date:

    A apresentadora Ana Hickmann deu uma longa entrevista a Carolina Ferraz, que foi ao ar nesse domingo no programa Domingo Espetacular, na Record.

    ++ Alexandre Correa revela desejo de agilizar separação de Ana Hickmann: “Já chorei”

    Essa foi a primeira vez que Ana falou na TV sobre a agressão que sofreu do marido, Alexandre Correa, no dia 11, na casa da família. Ela contou na reportagem que na última quarta (22) entrou com pedido de divórcio litigioso, com medida protetiva, e deu detalhes da agressão.”Eu comecei a gritar mesmo, porque ele não me soltava, fiquei com medo dele”, disse a apresentadora sobre a briga.

    Ela ficou emocionada e chorou em vários momentos durante a entrevista. “Sou eu que estou aqui machucada e machucada durante muito tempo”, afirmou quase soluçando, em outro momento.

    A apresentadora disse que a crise no casamento já vinha ocorrendo há um tempo. Que Alexandre sempre foi muito grosso e rude com ela, e que sempre acabou defendendo o marido, por acreditar que “era o jeito dele”. Mas hoje percebe que estava errada.

    Ana ainda relembrou do passado, de quando via o próprio pai agredindo a mãe. Ela tem uma marca em uma mão, provocada nessa época, quando ainda era criança. E, por isso, denunciou o marido. Ela havia prometido que nenhum homem faria com ela, o que o pai fez com a mãe.

    A também modelo afirmou que descobriu muitas coisas erradas do marido, que cuidava do financeiro da empresa deles. Como cheques, assinaturas falsas, entre outras coisas que estão sendo investigadas e que ela não pode dar mais detalhes.

    ++ Key Alves faz desabafo sobre hate: “Tenho muitos fãs e isso causa inveja”

    Casados há 25 anos, Ana e Alexandre Correa tiveram uma discussão na cozinha da casa em Itu, SP, por volta das 15h30 do dia 11. De acordo com o boletim de ocorrência, Alexandre, que luta jiu-jítsu, teria pressionado Ana contra uma parede e ameaçado dar cabeçadas. “Ele veio, sim, pra me dar uma cabeçada. Ele jogou o corpo e veio pra cima”, relatou Ana.

    Ana ainda deu forças para outras mulheres não passarem pela mesma situação e afirmou: “Não sou mulher de malandro”.

    Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS

    Mais Recentes