25.5 C
Rio de Janeiro
quinta-feira, maio 23, 2024
Mais

    Lula pede votos para Boulos durante evento em SP e infringe lei eleitoral

    Date:

    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) iniciou antecipadamente a maratona de campanha em prol de Guilherme Boulos (Psol), pré-candidato à Prefeitura de São Paulo, durante evento em comemoração ao Dia do Trabalho, realizado nesta última quarta-feira (1), na capital.

    ++ Eduardo Bolsonaro dá medalha de “imbrochável” ao ministro da Hungria

    O ato, que foi patrocinado pela Petrobras, empresa estatal com ações listadas na bolsa, contou com o discurso do líder petista, que apontou que quem votou nele “tem que votar no Boulos”.

    “Só queria dizer para vocês o seguinte: esse rapaz, esse jovem, ele está disputando uma verdadeira guerra aqui em São Paulo. Ele está disputando com o nosso adversário nacional, ele está disputando contra o nosso adversário estadual, ele está disputando contra o nosso adversário municipal”, iniciou Lula, se referindo ao atual prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB).

    “Ninguém derrotará esse moço aqui se vocês votarem no Boulos para prefeito de São Paulo nas próximas eleições. Vou fazer um apelo: cada pessoa que votou no Lula em 1989, em 1994, em 1996, em 2006, em 2010, em 2022, tem que votar no Boulos para prefeito de São Paulo”, torceu o presidente do Brasil.

    ++ Vacina da gripe será ampliada para para todos acima de 6 meses

    No entanto, as campanhas em prol da eleição municipal foram definidas a terem início apenas em agosto. No caso de Lula, seu discurso a favor de Guilherme Boulos poderia ser configurada como crime eleitoral, com base na Lei nº 9.504/1997.

    Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS.

    Mais Recentes